Querido Bem.

Espero que após sua recaída infernal, você tenha tomado algum juízo, além de vinho e veneno. E tomara que toda essa extravagância não tenha atacado a tua gastrite. Confesso que fiquei surpresa ao abrir a caixa do correio e ver uma carta com teu nome no remetente. Aqui é verão, o calor aquece tudo a sua volta, inclusive meu coração. Estou voando feito borboleta, as cores do arco-íris embelezam minhas tardes. O céu tem um azul celeste divino, a noite faz coro com meus pensamentos e sob a luz da lua, brindo à vida. Ah, quanto ao teu pedido, ficarei olhando para o céu de cetim, onde muitas vezes mergulhei entre as nuvens de gelo. Pode ter certeza, faço isso sempre. Foi dessa forma que redescobri o segredo de ser feliz independente de qualquer dor ou desamor. Meus lábios costumam abrir um sorriso todas as manhãs e ao anoitecer eu danço com as estrelas. Não pense que foi fácil resistir a tudo. Hoje resisto e existo sem você. Não, eu não estou sendo fria, irônica ou insensível. É que hoje em dia meu coração escuta a voz da razão. É Bem, você ficou muito tempo do outro lado do mundo, enquanto eu criava histórias e melodias, você partia. Aos trancos eu me acostumei. A saudade eu já matei. O que resta são lembranças de um tempo que não volta. E quanto ao pedido de perdão, acalme tua alma. Eu não tenho o poder de absolver ninguém. Mas, sinta-se perdoado, se é este teu desejo. E voe feito pássaro, para longe…

21 comentários:

  1. e quando chega esse momento a gente se liberta junto com ele.

    ResponderExcluir
  2. "E voe feito pássaro, para longe…"

    Há perdão mais pleno e sincero que este?
    Certamente não.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Você já postou este texto antes?

    Lembro dessa frase: "Meus lábios costumam abrir um sorriso todas as manhãs e ao anoitecer eu danço com as estrelas."

    Me marcou na primeira vez que li.

    E marcou de novo. #Tocou!

    Bjão

    ResponderExcluir
  4. Como bem diz o versinho dos hermanos:

    E se já não sinto teus sinais, pode ser da vida acostumar.

    :*

    ResponderExcluir
  5. Faz tempo..., mas a magia é a mesma! *-*

    ResponderExcluir
  6. Tem histórias que voltam a tona depois das reticências que foram deixadas. Mas a gente que fica, aprende a diminuir e ficar com apenas um dos três pontos. Por mais que doa matar a saudade, por mais que doa ser feliz apesar de.

    Ai Ju! Você é toda luz e poesia!
    Um beijão.

    ResponderExcluir
  7. Sem o Amor, exorcizei a poesia. Um pôr-do-sol tornou-se apenas prenúncio da noite. Uma rosa, espécie do reino vegetal. Sorriso, uma expressão do rosto. Sorvete, apenas uma sobremesa. Tuas roupas, peças de brechó. Teu carinho, peça de museu. Tua bossa nova e teus discos velhos arranham a alma quando até um sopro arde...

    ResponderExcluir
  8. Passando em seu blog para derramar chuvas de bençãos!! Uma linda e abençoada semana!!

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Doce despedida...
    Adorei a maneira como usou as palavras...

    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  10. Ju, que texto mais lindo!
    Me lembra muito uma fase que passei na minha vida... Onde eu tive que aprender a me amar primeiro, a me aquecer primeiro... Depois de muito sofrer, de chorar sozinha, de amar sozinha eu vi, enxerguei o quato estava vazia...
    Hoje, ele foi para longe e eu estou livre.

    Beijo Ju! :*

    ResponderExcluir
  11. É bom a gente se livrar dessa falta!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. É um processo em que aprende-se a viver a solidão, para que depois, o amor seja bem administrado pelo coração.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Nossa, gostei! Na verdade, amei!
    bj

    ResponderExcluir
  14. Muito bom. Assim que devemos ser, quem não nos ama de verdade que fique bem longe.

    ResponderExcluir
  15. Estava precisando muito ler isso, coloquei no meu face, amei.

    ResponderExcluir
  16. Estava precisando ler isso. LINDO!!!

    ResponderExcluir
  17. Espero que após sua recaída infernal, você tenha tomado algum juízo, além de vinho e veneno.
    Eu amo esse texto...ele é simplesmente encantador como tudo que vc escreve! Beijos...saudade

    ResponderExcluir
  18. Espero que após sua recaída infernal, você tenha tomado algum juízo, além de vinho e veneno.
    Esse texto é simplesmente lindo como tudo que vc escreve!
    Beijos , saudade

    ResponderExcluir
  19. Dá até vontade de mergulhar em cada texto, viver cada palavra, sorver cada letra. Divino.

    ResponderExcluir